EvalPartners lança publicação sobre Avaliação dos Novos Objetivos de Desenvolimento do Milênio

Estimados/as colegas, compartimos la alegría de contar ya con la primer publicación de la iniciativa de EvalPartners que vincula Evaluación con los Nuevos Objetivos de Desarrollo Sostenible, conocida como Eval SDGs.

Por ahora en inglés, ya llegará una versión en español...!

Saludos cordiales,

Esteban (ReLAC)  

-----------------

Dear all,

EVALSDG Network' first briefing note "Evaluation: a crucial ingredient for SDG success" is now published. Please see the attachment and the link http://pubs.iied.org/pdfs/17357IIED.pdf Thanks to Thomas Schwandt, Zenda Ofir, Dorothy Lucks, Kassem El-Saddick and Stefano D'Errico for preparing this valuable product for the evaluation community.

EVALSDG is a network of interested and skilled policy makers, institutions and practitioners who advocate for the evaluability of the performance indicators of the new SDGs and support processes to integrate evaluation into national and global review systems.

EVALSDG members work to support the evaluation community to be prepared for evaluating initiatives towards better outcomes for the SDGs and ultimately, the "World We Want".

Enjoy reading the briefing note!

 

EvalSDGs team. 

Visitar Noticias ReLAC en: http://noticiasrelac.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

Exibições: 188

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Comentário de José Antonio Iturri em 9 maio 2016 às 23:50

Prezadas(os):

O UNEG - United Nations Evaluation Group, publicou no mês passado um draft de documento que irá resumir alguns dos conceitos que vão utilizar na avaliação dos ODS (http://www.unevaluation.org/document/download/2511)

É bem interessante que a revisão se centra no conceito de "avaliabilidade" ("The extent to which an activity or project can be evaluated in a reliable and credible fashion"); também, resume a discussão precisamente sobre a questão: os ODS são avaliáveis? E aponta que são e que a discussão não deveria se centrar numa questão teórica (should the SDGs be evaluated?) mas em um análise bem mais pragmático (how the SDGs can be evaluated?).

Gostei em especial da seção em que resumem as experiências da ONU em relação a avaliação dos ODM; um dos key messages é "UNEG members did not engage at any significant level in the evaluation of the MDGs", o que não deixa de ser um pouco surpreendente.

Mesmo sendo uma versão preliminar pode ser uma leitura útil.

Abraço

Comentário de Martina Rillo Otero em 9 maio 2016 às 23:19
Muito bom, José Antônio. Que tal abrirmos um grupo com esse tema? Eu gostaria muito de estudar mais a aprofundar esse tema. O que acha? Toparia liderar? Abraços
Comentário de José Antonio Iturri em 9 maio 2016 às 21:54

Prezados colegas, revisando os documentos oficiais dos ODS achei bem interessante que - em especial no site do IAEG-SDGs (Inter-agency Expert Group on SDG Indicators) e na compilação de metadados para os indicadores globais para a revisão da Agenda ODS 2030 - não se utilizem os termos "avaliação" ou "monitoramento".

Ao que parece, a discussão sobre os objetivos e métodos de monitoramento e avaliação dos ODS está no seu início e já se pode ver alguns debates interessantes sobre os conceitos e os focos de atenção que podem ser utilizados. Para o EVALSDG Network, que faz parte do EvalPartners, o monitoramento/avaliação dos ODS estaria além da pura "medição dos indicadores" porque esta não avaliaria as políticas, estratégias e programas intimamente relacionados ao alcance dos ODS e suas metas. Esse grupo publicou em 2015, um Concept Paper, esclarecendo seu enfoque (https://www.oecd.org/dac/evaluation/BKG-EvalSDG-Concept-paper-v2.pdf) e agora o documento que Martina divulgou.

Numa primeira leitura a impressão que dá é que EvalSDG estaria propondo uma abordagem que, indo além da listagem dos indicadores, considere que os ODS estão "profundamente inter-relacionados de formas complexas" (pág. 3 do briefing) e que processos bem estruturados de monitoramento/avaliação, e não só o acompanhamento dos indicadores, são essenciais para informar as decisões políticas sobre os ODS. Me parece que eles consideram que seguir só os indicadores seria como que usar o enfoque de avaliação de "caixas opacas" - "caixas pretas" (black boxes) em que se atribuem resultados (ou falta de resultados) a um programa/política sem analisar seu grau de implementação real.

Considerando que ODS talvez seja um tema que ganhe relevância, pode ser uma discussão interessante para a Rede.

Abraço

http://unstats.un.org/sdgs/iaeg-sdgs/
http://unstats.un.org/sdgs/iaeg-sdgs/metadata-compilation/

Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

#Eval4Action

Siga-nos no Facebook!

© 2021   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}