DATAUFF faz Pesquisa de Avaliação do Programa Bolsa-Família




Por UFF
03 de fevereiro de 2010 15:30

O Núcleo de Pesquisas da Universidade Federal Fluminense (DataUFF) está em fase final de análise dos resultados da Pesquisa de Avaliação do Programa Bolsa-Família.

O objetivo da pesquisa foi mapear as ações voltadas para a geração de oportunidade e renda entre as famílias beneficiárias do programa, tentando identificar os resultados destas ações e se houve mudanças na condição social, após um ano e dois meses de inclusão no programa.

Foram verificadas ainda as expectativas do responsável legal quanto ao tempo de dependência da família em relação ao benefício. O estudo, que analisou os anos de 2004 a 2007, realizou 4 mil entrevistas em 53 municípios brasileiros, na sua parte quantitativa.

No aspecto qualitativo, foram feitas entrevistas mais profundas com gestores estaduais e municipais, coordenadores municipais do programa, coordenadores de Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e beneficiários do programa de 21 municípios, selecionados segundo o porte e o fato de terem implementado o programa há, pelo menos, dois anos.

Outra análise realizada foi sobre o acesso das famílias a cursos de geração de renda e oportunidade e, nesse aspecto, o maior percentual de procura recaiu sobre os cursos de informática.

As entrevistas realizadas com gestores municipais revelaram que o mais importante é o monitoramento das famílias após o término do programa.

Quanto aos gastos realizados, o estudo mostra que alimentação é o principal item com o qual empregam o dinheiro da bolsa-família, e, curiosamente, do total de entrevistados, 73% afirmaram não ter realizado compras a crédito nos últimos 12 meses.

Chamou a atenção dos pesquisadores a falta de expectativa dos beneficiários mais jovens, com idades entre 16 e 24 anos.

A pesquisa foi promovida sob a responsabilidade do estatístico Victor Hugo Gouvêa e coordenada por André Brandão, César Augusto da Silva e Salete da Dalt, com apoio de pesquisadores-bolsistas de 19 universidades federais ou estaduais. Outras informações podem ser obtidas com a coordenadora Salete da Dalt pelos telefones (21) 8258-7839, 2629-2960 e 2629-2965, ambos do DataUFF
Fonte: site da Andifes : http://www.andifes.org.br acessado em 03.02.2010

Exibições: 86

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

#Eval4Action

Siga-nos no Facebook!

© 2021   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}