Swanborn (1999) uma vez expressou a diferença entre pesquisa quantitativa e avaliação qualitativa como ‘contar grão de café’ versus ‘experimentar o café’. "Todo dono de restaurante sabe que ‘o gosto do café’, além do número e qualidade dos grãos, é também determinado por vários – inerentes e subjetivos – fatores".

Swanborn, P. G. (1999) Evalueren [Evaluating]. Amsterdam: Boom.

Exibições: 62

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Associe-se

Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

#Eval4Action

Siga-nos no Facebook!

© 2020   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}