Seminário sobre avaliação ex-post de políticas no Ministério da Saúde

É POSSÍVEL VER AS PALESTRAS NESSE LINK!:

Evento reuniu diversos órgãos governamentais para discutir os melhores meios de avaliar o impacto das políticas do SUS

Aconteceu no dia 22 de maio, em Brasília, o II Seminário de Avaliação Ex Post de Políticas de Saúde. O seminário visou abordar perspectivas, métodos e desafios de se analisar a efetividade de políticas públicas no contexto do Sistema Único de Saúde (SUS). Representantes de diversos órgãos governamentais, incluindo o Ministério da Saúde, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Casa Civil, Câmara dos Deputados e órgãos de controle, além de universidades e instituições de pesquisa, apresentaram um panorama abrangente da avaliação de programas e políticas públicas no Brasil.

Ex post se refere à avaliação posterior à existência da política, seja durante ou após a sua implementação. Avaliar o impacto não apenas dos serviços, mas das políticas públicas de saúde, pode ser a chave para conciliar a escassez de recursos com os princípios do SUS de universalidade, integralidade e equidade. Que diferenças uma política pode fazer na saúde da população? O Seminário se propõe a reunir diversos setores interessados em busca de meios de responder a essa pergunta.

A Diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), Camile Sachetti, reforça a importância das evidências nesse tipo de análise. “O gestor deve sempre ter as evidências como fonte quando for tomar decisões sobre políticas de saúde. O uso de conhecimento científico pode levar os gestores a decisões e políticas melhores e mais inclusivas para o SUS. Em tempos de limitação de gastos públicos, pesquisas em saúde podem trazer respostas sobre como atender melhor os usuários e garantir o acesso com recursos restritos”, afirma.

A agenda de avaliação de políticas tem fundamento na política de governança da administração pública federal, instituída pelo Decreto 9.203/2017. Monitorar o desempenho e avaliar a concepção, a implementação e os resultados da gestão são diretrizes da política de governança. Nesse contexto, a Casa Civil da Presidência da República já lançou dois Guias Práticos de Avaliação: um de análise ex ante e um ex post, ambos acessíveis on-line.

O evento aconteceu a partir das 9:30 no auditório Emílio Ribas, na sede do Ministério da Saúde. A presença no auditório foi restrita a convidados. Os demais interessados puderam acompanhar a transmissão ao vivo pelo youtube.

Por Nucom SCTIE para a Agência Saúde
Atendimento à imprensa:
(61) 3315.3580

Exibições: 295

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Comentário de Marcia Joppert em 23 maio 2019 às 15:13

Oi, Henrique! Realmente é muito duro ter que lidar com mudanças que desfazem tanto trabalho duro e bem intencionado, na busca do melhor. Temos que fazer nossa parte e manter viva a chama. Influenciar as pessoas sobre a importância disso, chamar para o diálogo, formar os jovens gestores. Vem com a gente!

Comentário de Marina Laura da Silveira Dutra em 23 maio 2019 às 11:37

Márcia Joppert, muito obrigada pelo link, possibilitando assistir as apresentações do Seminário, mesmo depois da ocorrência do evento. 

Comentário de HENRIQUE DE BM BELTRAO em 23 maio 2019 às 10:21

Muito bom. 

Lamentavelmente , todas as iniciativas para A&M dentro do MS foram dissolvidas nos últimos cinco anos. A ausência de uma política Nacional de Avaliação e Monitoramento para o SUS, prevista desde 2011, aliada a uma contexto devastador para as ações de inteligência em saúde (uso das informações para tomada de decisão) conduzem para um cenário bem pior que o descrito acima. 

Torço para que iniciativas como essa alterem esse futuro previsível para o contexto atual.

Associe-se

Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Pessoal, todas as edições da Revista estão aqui na Plataforma, mas alguns membros se queixaram da dificuldade de localizar os números anteriores. Então, estou abrindo aqui essa janela novamente e colocando todos os números aqui.

A boa notícia é que estamos planejando retomar a Revista em 2020. Aguardem! 

A Diretoria

Revista_BMA_1.pdf

Revista_BMA_2.pdf

Revista_BMA_3.pdf

Revista_BMA_4.pdf

Revista_BMA_5.pdf

Revista_BMA_6.pdf

Revista_BMA_7

Revista_BMA_8

Revista_BMA_9

Siga-nos no Facebook!

© 2019   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}