Princípios para Orientar Abordagens Colaborativas para Avaliação (CAE)

Pessoal recebi esta mensagem que achei interessante divulgar. Trata-se de uma evolução no campo da avaliação, liderado por profissionais canadenses. Fiz uma tradução rápida no google tradutor... infelizmente tudo está em ingles...
Abs 
-x-x-x-x
Saudações. Em nome da equipe de pesquisa da COVE (Oportunidades de Colaboração para Avaliar o Valor: Brad Cousins, Lyn Shula, Elizabeth Whitmore, Hind Al Hudib e Nathalie Gilbert), tenho o prazer de apresentar os Princípios para Guiar as Abordagens Colaborativas para Avaliação (CAE).Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para promover a sua aplicação e utilização.

Os oito Princípios baseados em evidências foram desenvolvidos com base em dados de 320 praticantes avaliadores na América do Norte e além e foram recentemente publicados no American Journal of Evaluation (Shulha et al, 2016, vol 37, no 2).
 
Para sua conveniência, anexe o documento e use dois documentos de recursos:
 
1. Um documento de estilo de brochura que descreva os Princípios e aplicações potenciais em (i) guiar a prática de CAE, (ii) refletir sobre a implementação e conseqüências de projetos recentes de CAE, (iii) revisão de política de avaliação; (Iv) estruturação do desenvolvimento profissional, e (v) enquadramento da pesquisa sobre a prática CAE (bem como outras possíveis aplicações).
 
2. Um documento indicador que fornece itens para consideração com relação à aplicação de cada um dos oito princípios CAE.
 
Os oito Princípios devem ser: usados ​​como um conjunto, embora os princípios individuais possam ser ponderados diferencialmente dependendo do contexto; Considerados interdependentes e sobrepostos; E reconhecido como não-linear, embora com alguma adesão a uma ordem temporal solta.
 
Para obter mais informações sobre os princípios, siga este link para uma breve apresentação em vídeo: http://crecs.uottawa.ca/publications/ten-minute-window/evidence-bas...
 
Esperamos sinceramente que o uso ea aplicação dos princípios beneficiem de forma significativa a sua prática em abordagens colaborativas e participativas para a avaliação. Nesta conjuntura, apesar dos nossos esforços sistemáticos para validar os Princípios, reconhecemos que a versão actual é preliminar e está sujeita a um desenvolvimento e aperfeiçoamento contínuos. Para esse fim ...
 
Você está convidado!
 
Os princípios foram desenvolvidos com base em contribuições ponderadas por praticantes como você. Convidamo-lo a considerar seriamente uma oportunidade de contribuir para o seu desenvolvimento contínuo através da investigação empírica. Planejamos publicar coleções de estudos de campo práticos sobre os princípios conduzidos por avaliadores que falam inglês, francês e espanhol. Por favor, considere contribuir. Para mais informações, siga este link:
Http://uottawa.fluidsurveys.com/s/cae-principles-field-study-proposal/
 
Melhores desejos em suas atividades de avaliação e todas as suas avaliações podem ser experiências de aprendizagem.
 
Atenciosamente, Brad Cousins
 
 
J. Bradley Primos. Ph.D.
Professor Emérito, Faculdade de Educação e
Pesquisadora Sênior, Centro de Pesquisa em Serviços Educacionais e Comunitários
Universidade de Ottawa, VNR-5002G
136 Jean Jacques Lussier
Ottawa, ON, Canadá, K1N 6N5
Bcousins@uottawa.ca
+ 1-613-562-5800 ext 4036
+ 1-613-562-5188 fax
Skype: bc0027

Exibições: 478

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Comentário de CLÉBIA MARDÕNIA FREITAS SILVA em 17 fevereiro 2017 às 18:06

Gostei da matéria de grande utilidade....

Comentário de Marcia Joppert em 17 fevereiro 2017 às 8:45

Opa... não foi....

Comentário de Fernanda Machiner em 17 fevereiro 2017 às 7:22

Bom dia! sem texto!

Associe-se

Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Pessoal, todas as edições da Revista estão aqui na Plataforma, mas alguns membros se queixaram da dificuldade de localizar os números anteriores. Então, estou abrindo aqui essa janela novamente e colocando todos os números aqui.

A boa notícia é que estamos planejando retomar a Revista em 2020. Aguardem! 

A Diretoria

Revista_BMA_1.pdf

Revista_BMA_2.pdf

Revista_BMA_3.pdf

Revista_BMA_4.pdf

Revista_BMA_5.pdf

Revista_BMA_6.pdf

Revista_BMA_7

Revista_BMA_8

Revista_BMA_9

Siga-nos no Facebook!

© 2019   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}