Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Missão: promover diálogos entre os diversos atores do campo de M&A

Realizações 2013-2014

REALIZAÇÕES DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO NO PERÍODO 2013-2014

 

1)    Plataforma

 

A plataforma Ning (http://redebrasileirademea.ning.com)  seguiu sendo um importante veículo de comunicação e intercâmbio de conhecimentos e informações no campo do M&A. Teve 312.973 mil visualizações de páginas em 145.870 acessos, sendo 55,6% de novos visitantes,  88,65 % do Brasil e 11,35 % de outros países.  O número de usuários passou de 3785 para 5704 entre janeiro/2013 e dezembro/2014, um aumento de 50,7%

 

Entre 2013 e 2014 foram publicadas 242 notícias de blog (uma média de 10 por mês), disseminadas 53 oportunidades de consultoria, 69 eventos e 42 oportunidades de formação.

 

2)    Participação em eventos

 

Neste período representantes do Comitê Gestor da Rede estiveram presentes em diversos eventos, nacionais e internacionais, sendo que o mais importante foi a Conferência Internacional sobre Capacidades Nacionais em Avaliação, promovida pelo Escritório de avaliação Independente do PNUD, realizada em São Paulo, em setembro de 2013 com parceria da SAGI/MDS, quando foi anunciado que 2015 seria o Ano Internacional da Avaliação.

 

3)    Realização de Seminários Nacionais

 

Como todos os anos desde que foi criada, a Rede promoveu seminários nacionais em 2013 e 2014, compostos por mini-cursos, debates, mesas redondas, apresentação de posters e apresentação de trabalhos selecionados por um comitê científico.

 

Em 2013 o Seminário foi coordenado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), reconhecida como uma das melhores universidades do país. O V Seminário foi realizado na cidade de Campinas entre 25 e 27 de setembro de 2013. Como atividades prévia foram oferecidos 6 minicursos.

 

Em 2014 a coordenação foi da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e o VI Seminário foi realizado na cidade de Porto Alegre, no Campus da Universidade, entre os dias 19 e 21 de novembro de 2014, quando foram oferecidos 5 minicursos.

 

4)    Realização de Seminários Regionais

 

Reconhecendo a importância de aumentar o alcance da rede para as regiões norte e nordeste, o Professor Alcides Gussi[1], tem promovido desde 2013 um seminário regional da Rede, conformando a partir do II Seminário, realizado em Salvador, o núcleo Nordeste da RBMA.

 

5)    Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação

 

Lançada em junho/2011, a Revista Brasileira de Monitoramento e Avaliação é uma parceria entre a RBMA e instituições públicas federais. A iniciativa tem sido coordenada pela Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (SAGI/MDS). Trata-se de uma publicação que tem por objetivo da disseminação da prática do M&A, o que as diferencia das outras publicações existentes sobre o tema no Brasil, todas de cunho primordialmente acadêmico.

 

Nos anos de 2013 foram publicados os números 5 e 6 e em 2014 , os números 7 e 8.

 

6)    Evalpartners e o processo de Institucionalizaão

 

Desde o seu início, todos os resultados e ações da Rede podem ser atribuídos ao trabalho voluntário de um grande número de pessoas, todos profissionais que valorizam e contribuem para o desenvolvimento do campo no Brasil, coordenados por um Comitê Gestor, formado por 13 pessoas (número variável de ano para ano). Podem também ser atribuídos ao apoio de muitos parceiros, públicos e privados, sem os quais nada também teria sido possível. A cada ano, durante o seminário, o Comitê Gestor realiza uma reunião anual, para a qual todos os participantes são convidados.

 

Porém, com o crescimento cada vez mais significativo observado nos últimos 2 anos, alcançando um número de 5.700 membros cadastrados na plataforma Ning, o Comitê considerou que a ação voluntária alcançou o seu limite e para que a Rede pudesse manter e ampliar a sua relevância, era necessária a sua profissionalização. Desta forma, foi decidido durante o Seminário de 2012 transformar a Rede em uma instituição formal.

 

Neste mesmo ano, foi lançado o Projeto Evalpartners, com os seguintes objetivos:

 

  • Contribuir para o fortalecimento institucional e organizacional das Organizações Voluntárias para a Profissionalização da Avaliação (VOPEs);
  • Apoiar VOPEs para que sejam mais influentes, ou seja, capazes de desempenhar funções estratégicas para promover um ambiente propício para a avaliação em seus países, e assim ajudar a melhorar sistemas nacionais de avaliação e promover o uso de avaliação no desenvolvimento de políticas voltadas para o desenvolvimento eficaz, equitativo e com  igualdade de gênero.
  • Contribuir para o Desenvolvimento de Capacidades Individuais, por meio do aumento das capacidades dos seus membros, e de avaliadores mais amplamente, para administrar e conduzir avaliações credíveis e úteis.

 

Para alcançar seus objetivos, o Evalpartners desenvolveu diversas iniciativas. Uma delas foi o Projeto Peer-to-peer (P2P),  nos qual VOPEs mais desenvolvidas seriam parceiras no sentido de fortalecer as demais. A RBMA participou de duas iniciativas nesse sentido: a primeira, foi ter como tutora a Sociedade Canadense de Avaliação para a elaboração de seu estatuto e para a construção de um plano de negócios. Na segunda iniciativa, a RBMA foi tutora para as redes da Argentina, Paraguai e Uruguai no sentido de orientá-las na elaboração de seu Plano Estratégico e compartilhar a experiência da Rede.

 

O Evalpartners publicou também um livro com estudos de caso das redes e associações mapeadas, denominado Voluntary Organizations for Professional Evaluation (VOPEs): Learning from Africa, Americas, Asia, Australasia, Europe and Middle East (Organizações Voluntárias para a Avaliação Profissional): aprendizados da Africa, Americas, Asia, Australia, Europa e Oriente Médio. Neste livro há um estudo de caso elaborado pela RBMA.

 

Durante o VI Seminário da RBMA foi realizada a primeira Assembleia da Associação Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação.

 

7)    Parcerias

 

Todas as iniciativas da Rede foram realizadas com parcerias de diversas organizações. Cabe destacar a parceria da SAGI/MDS, do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), da Fundação Itau Social e da Fundação Roberto Marinho, que têm apoiado ano a ano o Seminário Nacional.



[1] membro do Comitê Gestor da Rede e coordenador do Mestrado em Avaliação de Políticas Públicas pela Universidade do Ceará

Associe-se

OUTRAS REDES

MAPA INTERATIVO DE REDES NO MUNDO: 

© 2017   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}