Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

Visão: Ser referência nacional no diálogo sobre Monitoramento e Avaliação

Eu acredito que alguns obstáculos são componentes da cultura política:

  • conscientização pública

Há cidadãos que não querem se candidatar as instâncias formais de participação cidadã, porque acreditam não terem condições e habilidades para realizar a representação.

Há cidadãos que não tem satisfação e motivação porque acreditam que os organismos são nichos de politicagem e corrupção.

As pessoas não sentem uma responsabilidade cívica no exercício da ação.

 

  • informações sobre os assuntos públicos

A informação é um insumo fundamental para a participação.

Nenhuma informação clara leva à população em geral a encarar muitas dificuldades para tomar boas decisões.

  • desconfiança em relação aos outros

Desconfiança social enfraquece o público.

Afasta os cidadãos de participação pública, como um meio de resolver os problemas coletivos.

Torna-se um desincentivo para a cooperação e formação de capital social.

  • falta de consciência de direitos e deveres

Desrespeito aos direitos e deveres.

Precisa-se de atualização dos princípios éticos-políticos da democracia.

Geralmente as propostas participativas ainda permanecem mais no plano da retórica do que da prática.

As práticas sociais que são inerentes à cidadania relacionam-se com a solidariedade e com o equilíbrio de direitos e deveres.

 

Propostas de Superação

  • Convocar toda a sociedade a refletir sobre o presente e o futuro

Todos os cidadãos devem agir com responsabilidade pessoal  e social, a obrigação mútua e a cooperação voluntária. As práticas sociais que são inerentes à cidadania relacionam-se com a solidariedade e com o equilíbrio de direitos e deveres.

Modificar as relações sociais em favor de uma maior auto-organização social.

Constituir um espaço vital para o fortalecimento de uma cidadania ativa na gestão pública.

  • Garantir por cumprimento dos interesses globais e praticar o princípio do bem comum

Envolver todos os atores da sociedade na gestão dos assuntos públicos

Ganhar confiança das sociedades em relação aos seus dirigentes políticos, sendo que os cidadãos devem participar dos programas políticos, para que a sociedade tenha o que deseja, modificando através de métodos adequados.

Para que os cidadãos possam desempenhar o seu papel nos assuntos públicos e possam ser escutados, é preciso que todos tenham uma boa compreensão dos desafios de governo, que os seus dirigentes tenham uma visão global e uma formação adequada e que toda a sociedade tenha acesso a uma excelente informação sobre a gestão dos assuntos públicos.

 

Exibições: 144

Responder esta

Membros Institucionais

OUTRAS REDES

MAPA INTERATIVO DE REDES NO MUNDO: 

© 2014   Criado por Marcia Joppert.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

a.next_photo_link img:hover {transform:scale(1.20);-ms-transform:scale(1.20);-o-transform:scale(1.20);-webkit-transform:scale(1.20);-moz-transform:scale(1.20); transform:scale(1.20);-webkit-transition:all 1s ease-out;-moz-transition:all 1s ease-out;transition:all 1s ease-out;-ms-transition:all 1s ease-out;-o-transition:all 1s ease-out;}